Você está aqui: Página Inicial > central de conteúdos > Notícias > 2017 > 11 Novembro > Plano Juventude Viva amplia atuação

Notícias

Plano Juventude Viva amplia atuação

por publicado: 17/11/2017 11h57 última modificação: 17/11/2017 11h57

Retomado pelo Governo Federal em 11 de agosto de 2017, o Plano Juventude Viva tem por objetivo reduzir a vulnerabilidade de jovens expostos às situações de violência, com foco prioritário na juventude negra entre 15 a 29 anos por meio dos seguintes eixos de atuação:

  • Criação de oportunidades de inclusão social e de autonomia para os jovens;
  • Oferta de serviços públicos e espaços de convivência nas comunidades afetadas por elevados índices de homicídios;
  • Desconstrução da cultura de violência;
  • Aprimoramento da atuação do Estado a partir do enfrentamento do racismo institucional e da sensibilização de agentes públicos.

De responsabilidade compartilhada entre Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) e Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), as ações do Plano Juventude Viva são destinadas a jovens prioritariamente negros, em situação de vulnerabilidade social ou de exposição a situações de violência, residentes nos municípios com maior ocorrência de homicídios.

A presença institucional do Governo Federal junto às esferas estadual e municipal por meio dessas Secretarias estimula a integração das ações, ampliando as oportunidades de atuação conjunta. As particularidades de cada local, por sua vez, propiciam experiências e aprendizados que favorecem o aprimoramento e a capacitação contínua de todos os atores institucionais envolvidos, contribuindo para a expansão progressiva do Plano Juventude Viva.

Ações/2017:

O Plano apresenta as seguintes propostas de ações:

  • Edital para contratação de cinco consultores – Acordo de Cooperação Técnica Internacional entre SNJ e UNESCO – com a finalidade de Reestruturação do Plano Juventude Viva;
  • Retomada das reuniões interministeriais do Comitê Gestor Federal, instituído pela Portaria Interministerial nº 44, de 29 de junho de 2017;
  • Consulta pública com a finalidade de coletar “Contribuições para reformulação do Plano Juventude Viva”, voltada para Gestoras (es), Trabalhadoras (es) da Rede de Atenção a Jovens e Sociedade Civil.

A Seppir conta ainda no âmbito do projeto BRA5U104 - “Fortalecendo as ações da SEPPIR nas áreas de saúde, políticas para juventude e políticas para comunidades quilombolas”, entre Seppir e UNFPA com três consultorias voltadas à Juventude Negra:

1) Ações Formativas para Jovens Líderes Negras e Negros:

  • Produção de Manual de Incidência Política para jovens lideranças;
  • 02 Oficinas de ações formativas voltadas para Jovens Líderes Negras e Negros.

2) Ações Formativas para Gestoras(es) dos Ministérios Prioritários:

  • Produção de Manual de Políticas Públicas voltadas para Gestoras(es);
  • 02 Oficinas de ações formativas voltadas para Gestoras(es) dos Ministérios Prioritários.

3) Cartografia

Mapeamento socioeconômico e cultural de um bairro de no máximo 30.000 habitantes da cidade de Maceió/AL.