Você está aqui: Página Inicial > central de conteúdos > Notícias > 2017 > 11 Novembro > Em Taubaté/SP, secretário da Seppir profere palestra sobre Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial

Notícias

Em Taubaté/SP, secretário da Seppir profere palestra sobre Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial

por publicado: 28/11/2017 16h09 última modificação: 28/11/2017 16h13

Alunos e professores da Faculdade Anhanguera em Taubaté/SP assistiram na última quinta-feira (23/11) uma palestra sobre Políticas Públicas de Promoção de Igualdade Racial, proferida pelo secretário nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Juvenal Araújo. Estiveram presentes a deputada federal Pollyana Gama, deputado estadual Davi Zaia e a diretora da Anhanguera, professora Silvana Silvério.

Realizada pela Fundação Astrojildo Pereira, o objetivo do evento é fomentar a discussão e promover a transformação na política de promoção da igualdade racial na região, a partir do fortalecimento e ampliação da efetividade dessa política por meio da sua institucionalização.

De acordo com Juvenal Araújo, as ações afirmativas são políticas públicas feitas pelo governo ou pela iniciativa privada com o objetivo de corrigir desigualdades raciais, reverter a representação negativa dos negros, promover a igualdade de oportunidades e combater o preconceito e o racismo.

“As políticas de promoção da igualdade racial promoveram avanços para a população brasileira na ampliação do acesso de alunos negros à universidade, mas ainda temos muito a melhorar e promover a inclusão de políticas públicas específicas voltadas para estudantes das comunidades remanescentes de quilombos e ciganos, além do reforço de mecanismos de denúncia do racismo e fraudes nos sistemas de cotas das universidades", pontua.

O secretário também agradeceu o compromisso e o empenho da deputada Pollyana, que destinou recursos através de emenda parlamentar para a promoção da igualdade racial no estado de São Paulo e ajudou a promover o seminário. “Fiquei muito feliz com a resposta imediata de representantes da Prefeitura de Taubaté, que atenderam nosso pedido e se comprometeram a criar a coordenadoria municipal de igualdade racial”, ressaltou.

A Faculdade Anhanguera foi a primeira a celebrar o Pacto Universitário pela Promoção do Respeito à Diversidade, da Cultura da Paz e dos Direitos Humanos. Parceria do Ministério da Educação com o Ministério da Justiça, seu objetivo é promover ações de respeito às diferenças e de enfrentamento ao preconceito, à discriminação e à violência no ambiente universitário.

Lançado em março de 2017, a intenção do MEC com o pacto é estimular os estabelecimentos de educação superior a desenvolver atividades de ensino, pesquisa e extensão voltadas à proteção e promoção dos direitos humanos. As instituições que aderirem têm autonomia para planejar e desenvolver as ações e terão 90 dias a partir da adesão para apresentar seu plano de trabalho. As práticas de cada instituição devem ser planejadas levando-se em consideração os objetivos do Pacto. Também poderão participar, além das instituições de educação superior, organismos, associações e outras entidades da sociedade civil que pretendam exercer atividades em parceria.