Você está aqui: Página Inicial > central de conteúdos > Notícias > 2017 > 10 Outubro > Com a finalidade de evidenciar questões quilombolas, MDH integra comitiva presidencial à Alcântara/MA

Notícias

Com a finalidade de evidenciar questões quilombolas, MDH integra comitiva presidencial à Alcântara/MA

por publicado: 06/10/2017 13h05 última modificação: 06/10/2017 17h55

Nesta quinta-feira (05/10), representantes do Ministério dos Direitos Humanos (MDH) integraram a comitiva presidencial durante visita ao Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), no Maranhão. Além de sediar a unidade da Força Aérea Brasileira (FAB), o município também é conhecido por ser residência de diversas comunidades quilombolas, que lutam pela garantia das terras.

“Para o Ministério, o grande objetivo da viagem é continuar colaborando com o governo para que se chegue à melhor decisão, que consiga alinhar o interesse estratégico nacional que representa o CLA e os direitos das comunidades tradicionais”, disse o secretário-executivo, Johaness Eck.

Neste sentido, o secretário nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Juvenal Araújo, ressalta a importância do órgão na formulação, coordenação e execução de políticas e diretrizes voltadas à promoção dos direitos humanos.

“O papel do MDH, por meio da Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, a Seppir, é assegurar os direitos das comunidades quilombolas, principalmente no que diz respeito à articulação com os outros Ministérios para que possamos garantir as políticas públicas necessárias”, ressaltou.

Centro de Lançamento de Alcântara

O CLA é considerado um dos mais bem localizados do mundo para o lançamento de foguetes e satélites, devido a sua posição geográfica, próximo à Linha do Equador. Em 34 anos de operação, o Centro já lançou mais de 470 foguetes nacionais e internacionais.