Você está aqui: Página Inicial > central de conteúdos > Notícias > 2017 > 04 Abril > Representantes da SEPPIR e OAB se reúnem para tratar de perseguição religiosa em Olinda/PE

Notícias

Representantes da SEPPIR e OAB se reúnem para tratar de perseguição religiosa em Olinda/PE

por publicado: 13/04/2017 16h41 última modificação: 13/04/2017 16h51

Nesta quarta-feira (12/04), representantes da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial – SEPPIR se reuniram com o Vice-Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Pernambuco – OAB/PE, Leonardo Accioly, para tratar do caso de perseguição religiosa ocorrida na Tenda de Umbanda e Caridade Caboclo Flecheiro, em Águas Compridas, Olinda/PE.

O responsável pela Tenda, Pai de Santo Edson de Omolu, relatou que foi acionado judicialmente por um vizinho do terreiro e que por várias vezes, o autor da ação teria tentando impedir que o local realizasse os cultos. O religioso pediu apoio das instituições em relação ao processo de perturbação de sossego que responde na Justiça desde 2015.

O Vice-Presidente da OAB/PE afirmou que analisará o caso em questão e que um parecer jurídico será produzido, que precederá a intervenção no processo. “A princípio, em função da inexistência, nos autos de provas técnicas que comprovem que houve, de fato, perturbação da ordem pública, vemos indícios de uma ação motivada por intolerância religiosa o que justificaria a intervenção da OAB na condição de assistente. Vamos aguardar, no entanto, o parecer de nossa assessoria que deve ser concluído no decorrer da semana”, afirmou Accioly.

*Com a colaboração da Assessoria de Comunicação da OAB-PE