Você está aqui: Página Inicial > central de conteúdos > Notícias > 2017 > 03 Março > Ministra Luislinda entrega kits a Conselhos Tutelares de Minas Gerais

Notícias

Ministra Luislinda entrega kits a Conselhos Tutelares de Minas Gerais

por publicado: 10/03/2017 17h33 última modificação: 20/03/2017 17h59

Com o objetivo de entregar kits para os Conselhos Tutelares de 19 municípios mineiros, a Ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, esteve em Araguari – MG nesta sexta-feira (10/03). Na ocasião, também estiveram presentes o deputado federal Tenente Lúcio, o prefeito de Araguari, Marcos Coelho, o vice-prefeito, Dr. Clayton, e diversas autoridades políticas de Minas Gerais.

Os materiais oferecidos incluem um carro zero-quilômetro, cinco computadores, um refrigerador, um bebedouro e uma impressora multifuncional, a serem utilizados no trabalho com crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

“Contem comigo. Eu estou como Ministra e minha formação é jurídica. Sou jurista e escritora. E onde tiver preto, pobre e da periferia, eu entro com galhardia”, disse ao se referir às especificidades das crianças e adolescentes negros. “Precisamos atender os nossos pequenos, sem esquecer das políticas públicas com recorte racial e de gênero”, afirmou.

Durante a atividade, Luislinda destacou ações específicas do Ministério dos Direitos Humanos (MDH) no que diz respeito à garantia de direitos na infância e adolescência.

“Não podemos permitir que a redução da maioridade penal atinja o nosso jovem preto, porque é quem única e exclusivamente vai cumprir a totalidade da pena nas cadeias públicas”, complementou.

Emenda parlamentar

Os recursos, que somam mais de R$ 2,4 milhões, são oriundos de emenda individual do deputado Tenente Lúcio, apresentada no Orçamento Geral da União de 2016.

“Conselhos de muitos municípios não possuem carro próprio e dependem que outro órgão empreste o veículo para que possam atender as ocorrências. Agora, eles não precisarão depender de outros setores para atender a população”, explica o autor da emenda.